Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

UMA MÃE DE CORAÇÃO... e algo mais

Este blog, mais do que "mãe de coração" tem "fragmentos de uma vida comum". Uni os dois blogs e, aqui, falo de adopção em geral, da nossa experiência e de outros pedaços da minha vida.

UMA MÃE DE CORAÇÃO... e algo mais

Este blog, mais do que "mãe de coração" tem "fragmentos de uma vida comum". Uni os dois blogs e, aqui, falo de adopção em geral, da nossa experiência e de outros pedaços da minha vida.

10
Jan15

Na hora de dormir

Em Novembro escrevi sobre a nossa rotina de deitar no post Quando a noite cai! e ao fazê-lo pensei se não estaria a dar um "tiro no pé" já que sempre que elogio algo, logo se estraga. E assim foi!!!

 

Umas semanas antes do Natal, com toda a ansiedade a situação complicou-se e tivemos de cortar com as excepções de fim-de-semana. A verdade é que apesar de o pequeno não ter gostado da notícia, ajudou bastante a que acalmasse as noites dele. Claro que com as festas as coisas complicaram-se mas para o final das férias o sono foi reposto e as noites acalmaram.

 

Ainda assim resolvemos manter o horário apertado, agora a dificuldade é levá-lo até à cama. Todos os dias tenta "esticar a corda".

 

No post Sleep tight!, do blog Kinetic Kids, vêm mencionadas algumas dicas para noites tranquilas e os tempos de sono consoante as idades. Então, diz que as crianças:

de 1 a 3 anos precisam de dormir 12 a 14 horas

de 3 a 5 anos precisam de dormir 11 a 13 horas

de 5 a 12 anos precisam de dormir 10 a 11 horas

e acima dos 12 anos precisam de 8 a 9 horas de sono.

E dá como dicas para uma noite tranquila:

  • Manter a hora de dormir consistente (não tem que ser imóvel, apenas regular).
  • Criar uma rotina de dormir relaxante.
  • Desligar estimulação eletrónica uma hora antes de dormir e manter TV's e computadores fora do quarto.
  • Evitar cafeína.
  • Uma vez na cama, ser firme - não deixar que os seus filhos tentem protelar ou sair da cama.

 

Convenhamos, essa coisa de ser firme e não o deixar protelar a ida para a cama, não é que não tente, mas está cada vez mais complicada e se é para manter a rotina relaxante não estou a ver como!!!!!

5 comentários

Comentar post