Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

UMA MÃE DE CORAÇÃO... e algo mais

Este blog, mais do que "mãe de coração" tem "fragmentos de uma vida comum". Uni os dois blogs e, aqui, falo de adopção em geral, da nossa experiência e de outros pedaços da minha vida.

UMA MÃE DE CORAÇÃO... e algo mais

Este blog, mais do que "mãe de coração" tem "fragmentos de uma vida comum". Uni os dois blogs e, aqui, falo de adopção em geral, da nossa experiência e de outros pedaços da minha vida.

04
Jan15

Balanço das festas! #3

E eis que chega o tão esperado dia da festa...

Segundo o que percebi de todos os relatos que ouvi, será a sua primeira festa de aniversário... aos 10 anos de idade, o que não seria nada de especial, não fossem os tempos que correm tão dedicados a suplantar as festas dos outros.

 

Ele também parecia, inicialmente, desiludido com o "programa das festas" (ouviu parte de uma conversa uns dias antes): um lanche com a familia soou-lhe a pouco, ainda mais quando comparou com a festa de uma amiga que teve direito a quinta com animais e a piscina.

 

Tentei explicar de várias formas apresentando argumentos válidos que ele entendesse. Afinal, a amiga vive num pequeno apartamento onde não teria espaço para todas as pessoas, sendo o aniversário dele no inverno seria complicado arranjar piscina e sendo época de férias os melhores amigos dele estariam de férias com os avós e portanto não poderiam vir, e por último, esse tipo de festas por norma saiem mais caras e seria melhor gastar o dinheiro em algo que seja mais do que um espaço que só poderemos usar por umas horitas. Saiu pensativo da cozinha e quando regressou passado uns minutos perguntou: "Oh mãe?! Será que podiamos ter pelo menos um bolo de aniversário!?!?".... Acho que lhe dei explicações a mais, pensei , por isso resolvi dizer-lhe apenas: "Penso que sim filho, algo se há-de arranjar!"

 

Assim, no dia da festa, quando começou a ver-me preparar as mesas com os doces e salgados preparados de véspera,  ficou um tanto quieto a observar: "Isto é tudo para mim?" pergunta ele. "Não, filho, achas? Ía fazer-te mal, é para ti e para os teus convidados"...riu-se: "Oh mãe, francamente!" Diz com um brilho nos olhos. Depois veio o entusiasmo a encher os balões com o pai para enfeitar a sala e em seguida só pensava em provar um pouco de tudo.

BeFunky_Cartoonizer_233.jpg.jpg

...A festa começou um pouco mais tarde do que o programado, mas nem assim diminuiu o entusiasmo. Delirou com os presentes que a restante familia lhe trouxe (até as peças de vestuário, que inicialmente, não mereceram grande atenção, vieram a tornar-se motivo de alegria, mais tarde)...brincou com os primos com todos os brinquedos e jogos novos, correu toda a casa e até deixou tirar uma foto ou outra na hora de cantar os parabéns (detesta que lhe tirem fotografias).

 

Quando os últimos convidados saíram teve de se arrastar até à cama pois as energias repostas não foram suficientes para aguentar todo um dia de emoções fortes!!!

 

E ainda estava para chegar a passagem de ano...(ver "cenas dos próximos episódios", ufa, que estas festas nunca mais acabam!!!!)

 

 

 

 

 

 

2 comentários

Comentar post