Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

UMA MÃE DE CORAÇÃO... e algo mais

Este blog, mais do que "mãe de coração" tem "fragmentos de uma vida comum". Uni os dois blogs e, aqui, falo de adopção em geral, da nossa experiência e de outros pedaços da minha vida.

UMA MÃE DE CORAÇÃO... e algo mais

Este blog, mais do que "mãe de coração" tem "fragmentos de uma vida comum". Uni os dois blogs e, aqui, falo de adopção em geral, da nossa experiência e de outros pedaços da minha vida.

27
Jul15

Amor fraterno

Como já disse em posts anteriores, tenho tido pouco tempo e inspiração para escrever é certo, mas também estamos a atravessar um período relativamente calmo e isento de "eventos".

 

Contudo hoje, pela terceira vez em poucas semanas, voltou-se a falar em irmãos/as... e, para nossa surpresa o rapaz está mortinho por um irmão (Já lhe expliquei que não escolhemos e por isso pode ser irmã, ao que parece nem se importar!). Diz que não quer ser filho único, precisa de uma companhia para brincar e quando nós (os pais) formos velhinhos não quer "aturar-nos" sozinho!!!!

 

Não tenho 100% certeza de que tem noção real do que tem de partilhar com outra criança, mas sei também que não pode entender como é maravilhoso ter o amor de um irmão/irmã.

 

Nós, enquanto pais, temos discutido a questão entre nós e embora eu quisesse muito iniciar já o novo processo, o meu marido ainda não está convencido (que quer, claro! ). Para ele um filho é suficiente, para mim quatro seria o ideal... estou a tentar chegar a um compromisso com ele. É verdade que a questão financeira pesa para nós. Não é tanto uma questão de rendimento (há quem tenha menos e também consegue!), mas a inconstância do mesmo. Se a situação já é stressante, aumentar esse stress com a história de outra criança preocupa-me, por nós mas especialmente por ela que merece um ambiente calmo e "destressado"!!!

 

De qualquer forma, sinto que ainda falta um pedaço à família por isso não vou desistir tão depressa. Além de que o meu pimpolho merece alguém com quem partilhar as loucuras dos pais!!!